Benzeno é classificado como hidrocarboneto aromático. Apesar dos riscos à saúde humana, o benzeno apresenta uma série de aplicações industriais, dentre elas a síntese de outras substâncias químicas. Seus derivados mais largamente produzidos incluem o estireno, utilizado na produção de polímeros e plásticos; o fenol utilizado na produção de resinas e adesivos (via cumeno), e o cicloexano utilizado na manufatura do nylon. Quantidades menores de benzeno são usadas para produzir alguns tipos de borrachas, lubrificantes, corantes, detergentes, fármacos, explosivos, napalm e pesticidas.

Neste sentido, este curso tem como objetivo capacitar os profissionais envolvidos quanto ao potencial risco à saúde humana provocado pela exposição ao benzeno, como exigência descrita no Acordo Nacional do Benzeno.

Os temas abordados serão:

  • Dados físico químicos do benzeno e misturas que o contém
  • Riscos da exposição ao benzeno
  • Vias de absorção
  • Sinais e sintomas do benzenismo
  • Vigilância da saúde dos trabalhadores
  • Monitoração da exposição ao benzeno
  • Detalhamento do Programa de Prevenção da Exposição Ocupacional do Benzeno
  • Procedimentos de emergência
  • Riscos de incêndio e explosão
  • Caracterização básica das instalações e pontos de possíveis emanações
  • Acordos e dispositivos legais sobre o Benzeno

SOLICITE UM ORÇAMENTO GRATUITAMENTE